quinta-feira, 23 de julho de 2015

Ayrton Senna Pretendia Assumir Noivado Com Adriane Depois do GP de Ímola

Revista In Foco, 1994


Sua última namorada, Adriane Galisteu, teve permissão, concedida a poucas, de freqüentar a fazenda da família em Tatuí, além de Angra, é claro! Adriane abandonou a carreira para acompanhar o piloto pelas pistas do mundo e, depois de um ano e meio de namoro, Senna começou, finalmente, a falar em casamento e filhos. Discreto como sempre, dizia que não seria logo, nem muito longe. O que se sabe é que pretendia assumir o noivado com Adriane depois do GP de Ímola. Para justificar o extremo cuidado com sua vida pessoal dizia: "Quando encontro uma mulher que me desperta, vivo com ela para mim e não para a platéia. Respeito quem eu amo".



*****************************************************

Tudo indica que Ayrton Senna estava prestes a propor casamento a Adriane Galisteu

Essa informação [de que Senna pretendia assumir o noivado com Adriane Galisteu depois do GP de Ímola] da revista “In Foco” coincidem com as últimas palavras de Ayrton para Adriane, extraído do livro dela "Caminho das Borboletas":

“- Tenho muito a lhe dizer. A lhe propor. A lhe oferecer - prosseguiu. - Devo estar aí às 20h30, por aí. Quero passar a noite em claro. Vamos conversar até o amanhecer. Quero convencê-la de que sou, disparado, o melhor homem de sua vida.
Ri, com aquele comentário inesperado.
- Você não conhece os outros... - brinquei.
- Vou provar-lhe que sou o melhor.” Ayrton para Adriane

*****************************************************

LEIA MAIS: Ayrton Senna pretendia assumir o noivado com Adriane Galisteu depois do GP de Imola


*****************************************************


FONTE PESQUISADA

CABALLERO, Cassia; TOLEDO, Márcia; BRAUN, Daniela Louise. Vida do Ídolo. Revista In Foco, São Paulo, nº 2, ano 1, p.30, Editora Escala, 1994.

GALISTEU, Adriane. Caminho das Borboletas. Edição 1. São Paulo: Editora Caras S.A., novembro de 1994. 









Nenhum comentário:

Postar um comentário