terça-feira, 7 de fevereiro de 2017

Mercedes Conversível Que Ayrton Senna e Adriane Galisteu Andavam Pela Cidade de São Paulo


Modelo do carro: Mercedes-Benz 600SL Conversível 1993

"Zaza, Bia, a sobrinha mais velha, e eu, lá fomos nós - depois, jantamos todos no apartamento do Pacaembu. Nosso convívio na Europa me dava a idéia de fazer parte da família. A Bia - Bix, eu a chamava - era como uma irmã mais novinha. Passamos aquele fim de semana na fazenda de Tatuí e, na volta, acompanhei a Zaza ao shopping. Éramos confidentes de copa e cozinha, do tipo de ficar conversando enquanto se fazem as unhas. Tanto que, depois de levar o Béco ao aeroporto, no Mercedes dele, naquela noite de terça-feira, 24 de agosto, para Frankfurt e, de lá, para o GP da Bélgica, fiz o que achei mais natural: Eu fui dormir na casa dos pais dele, na cama dele." - (Adriane Galisteu - trecho do livro Caminho das Borboletas)

Hoje o veículo se encontra exposto para visitação no Museu da Ulbra, em Canoas, Rio Grande do Sul, Brasil, e tem emocionado muitos fãs.

Especificações:

Este carro tem apenas 49 000 km originais e pertenceu ao Tri-campeão Mundial de F1, Ayrton Senna da Silva. O Mercedes-Benz 600 SL 1993 foi dado pela marca ao piloto após sua vitória no Grande Prêmio do Brasil de 1993. 

Detalhe da placa CSE-8888 (Campeão Senna e 88 para o ano que foi campeão pela 1ª vez na Fórmula 1). 









Fontes: Livro Caminho das Borboletas, Quatro Rodas 2003, Fanpage Julio Raridades.

Atenção: posteriormente estarei postando mais detalhes sobre as fontes de pesquisa. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário