terça-feira, 6 de outubro de 2015

O Ano de 1994 Seria Decisivo Para Ayrton Senna Diz Biógrafo

Revista Paddock - paddock.it
Por Paolo D’Alessio

Trecho extraído da reportagem “Ayrton Senna, Simply The Best” do site paddock.it


"Igualmente misteriosa era o seu relacionamento com as mulheres. As meninas bonitas, modelos, atrizes cortejou-o aos quatro cantos do mundo, mas sua vida amorosa é conhecida ainda menos que sua vida privada (Adriane Galisteu foi a única mulher que ele assumiu publicamente de fato). A exceção é à relação com Adriane Galisteu (foto acima), a modelo brasileira que o acompanhou durante os últimos meses de sua vida ( na verdade Adriane acompanhou Ayrton no último um ano e meio de sua vida), para a qual ele mesmo falou de casamento. "A companhia de uma pessoa a quem você nutri sentimentos positivos, que você confia, e que você é muito próximo, é importante para mim, como para todos." Adriane fez Ayrton feliz, talvez porque ele tenha entendido (a vida, e se encontrado como homem), e acima de tudo ele compreendeu como a temporada de 1994 era decisiva em sua vida como homem e piloto." - Paulo D'Alessio, biografo de Ayrton Senna


******************************

Texto excelente do jornalista italiano e biógrafo de Senna, Paolo D’Alessio. Gostaria apenas de comentar essa última frase:

“Adriane fez Ayrton feliz, talvez porque ele tenha entendido (a vida, e se encontrado como homem), e acima de tudo ele compreendeu como a temporada de 1994 era decisiva em sua vida como homem e piloto.

O biógrafo quis dizer que Ayrton queria e estava dando um novo rumo em sua vida pessoal e profissional. Sobre a vida profissional transferiu-se da McLaren, onde estava há seis anos, para a equipe Williams, um sonho antigo. O tricampeão almejava o 4º título mundial de fórmula 1. Estava também se tornando um empresário de sucesso e se libertando da pressão que a família tinha sobre ele. O ano de 1994 também seria o ano do casal Ayrton e Adriane, a própria Adriane também disse em uma entrevista, após a morte de Senna, que 94 seria o ano deles. O piloto e a modelo fizeram muitos planos nas férias de Ayrton, no começo daquele ano, contemplados por um ensaio romântico na fazenda do campeão, estavam cada vez mais apaixonados. Ayrton convidou a namorada para viverem juntos em sua mansão no Algarve em Portugal, pedindo-a inclusive para levar todos os seus pertences ao novo lar deles. Eles se casariam em 94. Enfim, Senna queria tomar um novo rumo na vida, ter esposa e construir sua própria família.

Quem não gostou de todas essas mudanças que estavam acontecendo foi a família de Senna, porém eles mais cedo ou mais tarde teriam que se acostumar, e se adequar a essa nova realidade. 


******************************


O jornalista e fotógrafo italiano Paolo D'Alessio é autor de livros sobre a vida de Senna. Ele publicou três títulos: "Grazie Ayrton, grazie campione" (1994), que ganhou versão em português, "Senna, The Best" (1996) e “Ayrton Senna (2008)”. 

******************************

IDIOMA ORIGINAL

Altrettanto misterioso è stato il suo rapporto con le donne. Splendide ragazze, modelle, attrici lo corteggiavano ai quattro angoli del mondo, ma della sua vita sentimentale si sa ancora meno che della sua vita privata. Unica eccezione il rapporto con Adriane Galisteu(nella foto sopra), la modella brasilianma che lo accompagnava negli ultimi mesi di vita, per la quale si parlava addirittura di matrimonio. “La compagnia di una persona verso cui nutri sentimenti positivi, della quale ti fidi e che ti sta vicina è molto imnportante, per me, come per tutti”. Adriana lo aveva reso felice, forse perchè lo aveva capito, e più di tutti aveva compreso come la stagione 1994 fosse determinante nella sua vita di uomo e di pilota.

******************************

REFERÊNCIAS

D’ALESSIO, Paolo. Ayrton Senna, Simply the best. Disponível em: <http://www.paddock.it/article/ayrton-senna-il-mitico >. Acesso em: 06 de outubro 2015. 






Nenhum comentário:

Postar um comentário