terça-feira, 24 de novembro de 2015

Os Perfumes Preferidos de Senna e Galisteu


Vamos conhecer os perfumes preferidos de Ayrton e Adriane. O perfume Samsara que Ayrton deu de presente de aniversário para Adriane em 1993, junto com um relógio Tag Heuer e festa surpresa, o perfume Roma que Adriane usava quando conheceu Ayrton – no Grande Prêmio do Brasil 1993 – e os perfume Herrera For Man, Tsar e  Fahrenheit, os favoritos de Ayrton.

Samsara Eau de Parfum de Guerlain 



É um perfume Oriental Amadeirado Feminino. Samsara Eau de Parfum foi lançado em 1989. O perfumista que assina esta fragrância é Jean-Paul Guerlain As notas de topo são Notas verdes, Pêssego, Ylang Ylang, Bergamota e Limão verdadeiro ou siciliano as notas de coração são Íris, Violeta, Raíz de Orris ou lírio Florentino, Jasmin, Rosa e Narciso as notas de fundo são Íris, Sândalo, Fava Tonka, Âmbar, Almíscar e Baunilha

O Perfume Feminino Samsara Eau de Toilette é um Oriental Amadeirado. Harmonioso, encantador e envolvente.

Conforme o Perfume Samsara voa, ele nos envolve em flor de jasmim, que domina a fragrância, antes que a flor de ylang-ylang ensolarada a embeleze, melhor ainda uni-la com o calor radiante e generoso do sândalo.

Herrera For Men, de Carolina Herrera



Pode não ser um perfume antigo, daqueles clássicos que datam das décadas de 70, por exemplo, mas é, sem dúvidas, um clássico da perfumaria mundial masculina, no sentido menos literal e mais amplo da palavra.

Foi criado em 1991, não apenas por um, mas por dois ilustres perfumistas de renome: Rosendo Mateu (Puig, Carolina Herrera, Antonio Banderas, Paco Rabanne, etc.) e Carlos Benaim (Bvlgari, Avon, Cacharel, Calvin Klein, Ralph Lauren, etc.). Contém notas de néroli, folhas de frutas cítricas e lavanda, na saída; gerânio, cravo e folhas verdes de pimenta, no corpo e sândalo, âmbar e tabaco, no fundo. Há quem diga, ainda, que existem notas de samambaia (no topo) e de cedro (na base da fragrância).

O perfume é forte, elegante e clássico, sem ser datado. Possui um aspecto acourado e seco, logo que aplicado na pele. Eu o considero bem linear, porque só perde um pouco do aspecto seco, ficando levemente cremoso e amadeirado, mas não chega a ter facetas diversificadas.

A projeção engana, pois é muito boa, embora pareça que não está mais exalando. Mas há quem afirme que já foi mais forte no passado. O frasco é bonito e apesar de eu não ter conhecimento sobre o que o inspirou, acredito em algo ligado a um edifício imponente, ou a alguma torre. O borrifador é bastante generoso!

Por fim, é um perfume que caiu no limbo nos últimos anos, ficando abaixo dos radares, mas que continua sendo uma excelente opção para o homem que não abre mão de um belo e maduro perfume masculino na sua coleção.

As notas de saída são frescas, aromáticas e selvagens graças ao neroli, à lavanda, ao alecrim e aos cítricos. As notas de coração, um aroma fresco picante e floral, são compostas principalmente de cravo-da-índia e de gerânio. As notas de fundo, onde a fragrância apresenta seu verdadeiro caráter, valorizam as exalações de madeiras preciosas, como o sândalo combinado com o âmbar e o tabaco.

O homem Herrera é conquistador, masculino, culto, charmoso, clássico e elegante. Confiante, ele cria as tendências da moda e se concentra em seu próprio estilo e personalidade. O eau de toilette Herrera for Men é o espírito de Carolina Herrera concentrado em um frasco exclusivamente reservado aos homens que sabem ser elegantes em cada momento de suas vidas: a essência de um verdadeiro "cavalheiro".

Roma Uomo, de Laura Biagiotti


Roma é uma delícia, que abre com gálbano, manjericão e toranja, partindo para um coração delicioso de jasmim, pinho, heliotrópio e zimbro para, então, chegar à sua base mais cremosa de sândalo, patchouli e benjoim.

O resultado é um aroma cremoso, sofisticado, que evoca a riqueza e a elegância. Muito mais do que encontrar uma ocasião para usá-lo, o importante é encontrar o perfeito estado de espírito para sustentá-lo.

Perfume bárbaro!

Roma per Uomo de Laura Biagiotti é um perfume Oriental Amadeirado Masculino. Roma per Uomo foi lançado em 1995. As notas de topo são Gálbano, Manjericão, Toranja e Bergamota as notas de coração são Pinheiro, Junípero ou zimbro, Jasmin e Heliotrópio as notas de fundo são Sândalo, Patchouli ou Oriza, Benjoin e Cedro

Tsar



Aromático amadeirado, para o homem determinado, elegante e sedutor. Suas notas combinam alecrim, chicória, sândalo e musgo de carvalho.

Tsar de Van Cleef & Arpels é um perfume Amadeirado Aromático Masculino. Tsar foi lançado em 1989. O perfumista que assina esta fragrância é Philippe Bousseton As notas de topo são Artemísia, Coentro, Lavanda, Notas verdes, Néroli, Bergamota, Alecrim e Canela as notas de coração são Cravo, Bagas de Zimbro ou Junípero, Estragão, Raíz de Orris ou lírio Florentino, Jasmin, Alcarávia, Lírio-do-vale, Rosa, Gerânio e Pinheiro as notas de fundo são Couro, Sândalo, Fava Tonka, Âmbar, Patchouli ou Oriza, Almíscar, Côco, Musgo de Carvalho, Cedro e Vetiver

Fahrenheit


O perfume Fahrenheit Masculino foi especialmente desenvolvido para homens modernos e elegantes, que amam a liberdade e que vão atrás dos seus sonhos.

Este perfume masculino da Dior tem fragrância floral amadeirada resolutamente contemporânea, caracterizada por um encontro dos extremos, de forma que as notas mais refrescantes e elegantes se misturam em perfeita harmonia com notas mais ousadas e viris, deixando o perfume Fahrenheit quente, sutil e distinto ao mesmo tempo.

Fahrenheit de Christian Dior é um perfume Amadeirado Floral Almiscarado Masculino. Fahrenheit foi lançado em 1988. Fahrenheit foi criado por Jean-Louis Sieuzac e Maurice Roger. As notas de topo são Lavanda, Tangerina, Espinheiro branco, Flor de Noz-moscada, Cedro, Bergamota, Camomila e Limão verdadeiro ou siciliano as notas de coração são Noz-moscada, Madressilva, Cravo, Sândalo, Folha de violeta, Jasmin, Lírio-do-vale e Cedro as notas de fundo são Couro, Fava Tonka, Âmbar, Patchouli ou Oriza, Almíscar e Vetiver


*Resenhas dos sites fragrantica.com.br, perfumart.com.br, sephora.com.br e osmoz.com.br


A seguir trechos do livro “Caminho das Borboletas”, onde Adriane fala sobre os perfumes Samsara e Roma:

SAMSARA

O domingo seguinte ao do encontro em Angra, 18 de abril, seria meu aniversário, 20 anos, data redonda. Não tinha a menor idéia de onde andaria, naquela dia, o homem que preenchia os meus pensamentos, os meus minutos, os meus sonhos. Mas, naquela mesma noite do GP da Inglaterra, uma voz triunfante me encontrava na casa  de minha mãe:

- Gostou?

- Maravilha - respondi, surpresa.

- Estou ligando para desejar boa Páscoa.

Se até aquele momento eu não sabia se a vitória dele tinha a ver comigo, agora não podia duvidar. Eu me soltei: - Estou morrendo de saudade.

- Volto amanhã pra vê-la. Também estou com muita saudade.

Dia seguinte da corrida, final da tarde, nova ligação:

- Desculpa, não deu para ir.

Só pensava no domingo, no meu aniversário, mas não quis adiantar nenhuma pergunta:

- Pena...

Silêncio do outro lado da linha. E uma gargalhada:

- Sua boba. Estou aqui no escritório. Trabalhando. Mas com uma enorme vontade de vê-la. Vamos para Angra amanhã?

Meu primeiro contato com o clássico conflito entre prazer e dever. Tinha uma vida profissional a zelar e contas a pagar. Tinha um homem maravilhoso me convidando para um mergulho no paraíso. Pedi um tempo até quarta, para acertar minha agenda. Vibrei ao saber que o tal comercial da Arisco, com Nelson Piquet, tinha dançado - a agência queria uma morena. Discreto que era, Ayrton vibrou do seu jeito. Mas havia um teste para um anúncio do drope Halls, bom dinheiro, três mil dólares, locação no Caribe, o tipo da esbórnia que faria a cobiça de uma modelo. Mas eu não sabia mais se era uma. As páginas de minha agenda estão cobertas de balõezinhos vazios, pensamentos sem palavras, como nos gibis - representando tanto minhas dúvidas quanto coisas que, por mais que pensasse, eu deveria calar. A única certeza se chamava amor.

O prazer triunfou. Angra, a Quinda, as guloseimas da Maria, litros e litros de Coca-Cola e o afeto do dono da casa. No banco traseiro do carro que nos levou ao helicóptero, notei um pacotinho quadrado, embrulhado para presente. O pacotinho sumiu, para reaparecer, um dia, em cima do meu travesseiro - um perfume Samsara. Ele acertou. O travesseiro, diga-se, ficava na cama dele - agora, já sem nenhum subterfúgio, na nossa cama. De surpresa, ele preparou uma linda festa de aniversário para mim, de sábado para domingo. Os amigos foram, apareceu o Leonardo com sua nova namorada, a Sonaly, uma meninona de 1,80 metro também da Elite, os ilhéus de Angra aportaram seus barcos, elegantíssimos. Béco me apresentou, um a um. Era meu namorado. Embora tenha hoje 21 anos, sou da época em que se dizia assim: meu namorado.

O melhor presente que recebi, naquele dia, naquela noite, além do perfume francês, além do relógio Tag Heuer que ele me deu, com uma picada de ironia, além do bolo com velas da Maria, além do banho de piscina de roupa e tudo, provocado pelos amigos - passaporte oficial de meu ingresso na turma -, foi a certeza de um amor que desabrochava, sem medo e sem limite. Nós dois tínhamos futuro, pensei. A festa enluarada em Angra atropelou minha cautela. Estava tão eufórica que pensava: nada, mas nada mesmo, iria interromper nossa felicidade.

ROMA

Vida de modelo é assim - testes, aeróbica, testes, musculação, testes, alguns convites que podem ser aceitos, mais testes, propostas que devem ser recusadas, testes... Eis que, lá, perdida numa página qualquer de minha agenda, escondida no emaranhado de coisas a fazer, contas a pagar, telefonemas a dar, está rabiscada, sem destaque, aquela anotação que iria mudar o rumo de minha vida:

"15 de março - Teste na Elite. Quatro da tarde".

Pode ser que vocês não acreditem em destino. Mas vão perceber que eu tenho de acreditar - ainda que esse destino possa vir a ser, de repente, cruel, muito cruel.

Na verdade, eu quase não fui ao encontro dele, o destino. Quando Karen, a booker da minha agência, me ligou, alguns dias antes, eu quis recusar. Ela me explicou: recepcionista no Grande Prêmio Brasil, "uma grana bem legal". Mas, sinceramente, aquela palavra - recepcionista - não me soou bem. Não que eu já não tivesse feito trabalho desse tipo, não é isso. Nada de preconceito. É que eu estava vivendo um ótimo momento profissional - e me sentia em condições de escolher o meu trabalho. De mais a mais, não tinha a menor intimidade com a Fórmula 1. Achava que era um mundo fechado, masculino demais. Jamais trocaria o cheiro de meu perfume Roma, da Laura Biaggiot, pelo da gasolina.


FONTES PESQUISADAS

FRAGRANTICA - Samsara Eau de Parfum Guerlain Feminino. Disponível em: <http://www.fragrantica.com.br/perfume/Guerlain/Samsara-Eau-de-Parfum-55.html>. Acesso em: 24 de novembro 2015.

SILVA, Cassiano. HERRERA FOR MEN, DE CAROLINA HERRERA. Disponível em: <http://www.perfumart.com.br/resenhas/herrera-for-men>. Acesso em: 24 de novembro 2015.

SILVA, Cassiano. ROMA UOMO, DE LAURA BIAGIOTTI . Disponível em: <http://www.perfumart.com.br/resenhas/roma-uomo>. Acesso em: 24 de novembro 2015.

SEPHORA - Fahrenheit Masculino Eau de Toilette. Disponível em: <http://www.sephora.com.br/dior/perfumes/masculino/fahrenheit-masculino-eau-de-toilette-197>. Acesso em: 24 de novembro 2015.

FRAGRANTICA - Fahrenheit Christian Dior Masculino. Disponível em: <http://www.fragrantica.com.br/perfume/Christian-Dior/Fahrenheit-228.html>. Acesso em: 24 de novembro 2015.

SEPHORA - Tsar Masculino Eau de Toilette. Disponível em: <http://www.sephora.com.br/van-cleef-e-arpels/perfumes/masculino/tsar-masculino-eau-de-toilette-677>. Acesso em: 24 de novembro 2015.

FRAGRANTICA - Tsar Van Cleef & Arpels Masculino. Disponível em: <http://www.fragrantica.com.br/perfume/Van-Cleef-Arpels/Tsar-1098.html>. Acesso em: 24 de novembro 2015.

FRAGRANTICA - Roma per Uomo Laura Biagiotti Masculino. Disponível em: < http://www.fragrantica.com.br/perfume/Laura-Biagiotti/Roma-per-Uomo-629.html>. Acesso em: 24 de novembro 2015.

SEPHORA - Samsara Feminino Eau de Toilette. Disponível em: <http://www.sephora.com.br/guerlain/perfumes/feminino/samsara-feminino-eau-de-toilette-439>. Acesso em: 24 de novembro 2015.

OSMOZ - HERRERA FOR MEN. Disponível em: <http://www.osmoz.com.br/perfumes/carolina-herrera/1603/herrera-for-men>. Acesso em: 24 de novembro 2015.

Revista Audi 2010

GALISTEU, Adriane. Caminho das Borboletas. Edição 1. São Paulo: Editora Caras S.A., novembro de 1994. 








Nenhum comentário:

Postar um comentário