sexta-feira, 29 de julho de 2016

Ayrton Senna Cancela Jantar Com Irmão, Amigos e a Namorada

Após armação da família para separá-lo de Adriane Galisteu, Ayrton Senna cancela jantar com o irmão, amigos e Adriane, que aconteceria em sua mansão, após o GP de Ímola.

Na véspera de sua morte, Ayrton Senna se desentendeu com o irmão Leonardo e cancelou jantar

Depoimento de Juracy Moreira dos Santos, que foi governanta da Mansão de Ayrton Senna no Algarve em Portugal. 

Só para constar: Juracy tratava muito bem Adriane Galisteu (não poderia ser diferente, pois Adriane era comprometida com Ayrton e vivia na mansão com ele, portando era sua patroa também), entretanto a empregada doméstica passou a ser uma aduladora da família Senna depois da morte de Ayrton. 


Leonardo Senna foi enviado pelo pai para tentar separar o casal

“Ele saiu de casa na quinta-feira. Na sexta, me telefonou para passar algumas ordens. Eu iria receber o irmão dele, com alguns amigos e a Galisteu (que havia se mudado definitivamente para a mansão no fim de semana da morte de Ayrton). Perguntou o que eu iria preparar. Disse que seria peixe assado. Ele falou que era uma boa. No sábado à noite, ele telefonou novamente e disse que não era para fazer nada. Os convidados não iriam mais, somente a Adriane. E que não era para eu buscá-lo no aeroporto. Era só para dar o carro (para Adriane ir buscá-lo). 


Fonte: por Luciana Castro, gazetaonline.com.br, 04/05/2014

*******************

Adriane já estava na casa do Algarve quando Ayrton ligou, por volta das oito da noite em Portugal, nove da noite em Imola. Ela se preparava para tomar banho e atendeu, mas ele queria falar primeiro com Juracy:

- Juracy, tenho um assunto muito sério para resolver com Adriane. Por isso, amanhã não vai ninguém comigo pra Portugal. Não precisa preparar aquele jantar que combinamos. E também não vá me buscar no aeroporto.

- Mas quem vai te buscar, Ayrton?

- Você dá o seu carro pra ela me buscar.

Fonte: Livro "Ayrton, o herói revelado", escrito por Ernesto Rodrigues.

*******************
Esse jantar promovido por Ayrton (do casal com o irmão dele e amigos) seria para anunciar o seu noivado com Adriane? De acordo com amigos do tricampeão aparentemente sim.



Sua última namorada, Adriane Galisteu, teve permissão, concedida a poucas, de freqüentar a fazenda da família em Tatuí, além de Angra, é claro! Adriane abandonou a carreira para acompanhar o piloto pelas pistas do mundo e, depois de um ano e meio de namoro, Senna começou, finalmente, a falar em casamento e filhos. Discreto como sempre, dizia que não seria logo, nem muito longe. O que se sabe é que pretendia assumir o noivado com Adriane depois do GP de Ímola. Para justificar o extremo cuidado com sua vida pessoal dizia: "Quando encontro uma mulher que me desperta, vivo com ela para mim e não para a platéia. Respeito quem eu amo".

Fonte: Revista In Foco, 1994.



*******************

Tudo indica que Ayrton Senna estava prestes a propor casamento a Adriane Galisteu.

Essa informação [de que Senna pretendia assumir o noivado com Adriane Galisteu depois do GP de Ímola] da revista “In Foco” coincidem com as últimas palavras de Ayrton para Adriane, extraído do livro dela "Caminho das Borboletas":

“- Tenho muito a lhe dizer. A lhe propor. A lhe oferecer - prosseguiu. - Devo estar aí às 20h30, por aí. Quero passar a noite em claro. Vamos conversar até o amanhecer. Quero convencê-la de que sou, disparado, o melhor homem de sua vida.
Ri, com aquele comentário inesperado.
- Você não conhece os outros... - brinquei.
- Vou provar-lhe que sou o melhor.” Ayrton para Adriane


Fonte: Caminho das Borboletas de Adriane Galisteu.


*******************


REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS 

RODRIGUES, Ernesto. Ayrton, o herói revelado. Edição 1. Rio de Janeiro: Editora Objetiva, 2004.


CABALLERO, Cassia; TOLEDO, Márcia; BRAUN, Daniela Louise. Vida do Ídolo. Revista In Foco, São Paulo, nº 2, ano 1, p.30, Editora Escala, 1994.

GALISTEU, Adriane. Caminho das Borboletas. Edição 1. São Paulo: Editora Caras S.A., novembro de 1994. 

CASTRO, Luciana. Memórias da "mãe" capixaba de Ayrton Senna. Disponível em: <http://www.gazetaonline.com.br/_conteudo/2014/05/esportes/mais_esportes/1485890-memorias-da-mae--capixaba-de-ayrton-senna.html>. Acesso em: 29 de julho 2016.



Nenhum comentário:

Postar um comentário