sexta-feira, 26 de agosto de 2016

Família de Ayrton Senna Tentou Reescrever a História e Excluir Adriane Galisteu da Vida do Piloto, Diz Livro

Senna e Adriane em Sidney na Austrália

Trecho extraído do livro “Fatal Weekend”, em português "Fim de Semana Fatal", escrito pelo jornalista e escritor britânico Tom Rubython, lançado em novembro de 2015

TRADUÇÃO LIVRE

Ao lado da sepultura, um dossel branco protegia a família e amigos do sol escaldante do meio-dia. Na frente, algumas cadeiras temporárias tinham sido arrumadas. Mais uma vez, Assumpção (assessora de Ayrton) tinha ido em frente e direcionava tudo. Na primeira fileira, estava a família: Milton e Neyde da Silva, Leonardo da Silva, Viviane Lalli e seu marido Flavio com sua filha Bianca. Na segunda fileira estavam Adriane Galisteu e Xuxa Meneghel, ex-namorada de Senna. Xuxa Meneghel era uma apresentadora de televisão e uma celebridade popular no Brasil.

Xuxa já tinha tomado seu assento, e quando Adriane tomou seu lugar designado ao lado dela, Xuxa imediatamente se levantou e mudou-se para outro lugar. Isso foi levemente notado por Adriane, mas tinha sido insensível ao colocar as duas mulheres juntas. Parecia que Xuxa tinha sido designada pela família Da Silva como viúva não oficial de Senna, mesmo que ela não tinha visto ou se comunicado com Senna por mais de dois anos. Ela havia viajado para o funeral com eles e foi embora com eles. Em sua dor, a família estava tentando reescrever a história e excluir Adriane da vida de seu filho.

Isto refletia toda a frieza que sentiam em relação a Adriane, o que só foi descongelado um pouco por Neyde da Silva (mãe de Ayrton), que claramente não concordou com a posição da família, mas foi forçada a aceitar.

Se Ayrton Senna estivesse olhando os acontecimentos daquele dia, ele ficaria extremamente triste - assim como ele ficou com a atitude de sua família direcionada a Adriane, semanas antes de sua morte. Mas ninguém, muito menos Adriane, queria causar qualquer problema. Ela aceitou o que estava acontecendo e, de certa forma entendeu. Foi uma postura extremamente madura e encantou para sempre os brasileiros comuns. Ela concentrou todos os seus sentimentos em seu namorado morto, sabendo que esta seria a última vez que ela estaria perto dele.


Então a família levantou-se a frente da pequena área do dossel e todos os enlutados (as pessoas que estavam de luto) se moveram para prestar suas últimas homenagens. Os enlutados não tinham pressa para sair, mas, gradualmente, um por um, retirou-se para os helicópteros e transportes (carros ou ônibus). Incisivamente, Xuxa Meneghel deixou o lugar em uma limousine oficial da família. Adriane Galisteu apareceu para tentar se juntar a outra das limousines da família, mas foi rejeitada. Mais tarde, ela negou que tivesse sido e disse que estava apenas dizendo adeus para a família. O que quer que tenha acontecido, Adriane não era bem-vinda no acolhimento da família após (o enterro), e ela foi embora no ônibus em que chegou para se juntar aos Bragas em sua fazenda. Muitas pessoas acharam que a brutal manifestação da família Da Silva nesse dia não tinha nenhum crédito. Mas foi o culminar (o ponto mais alto, o auge) do que tinha sido uma curta e amarga luta por Ayrton Senna. A família tinha perdido para Adriane nessa batalha e agora talvez eles estavam fazendo sua vingança. De algum modo estranho, eles pareciam culpá-la por sua morte. Ela simplesmente não era boa o suficiente para eles. Nada que pudesse fazer poderia mudar isso e, no final, ela aceitou graciosamente.

A aparente rejeição pareceu cruel, mas refletia a maioria da visão da família em relação a Adriane e pelo motivo da última conversa de Senna com seu irmão ter sido tão desagradável, algo que Leonardo da Silva terá que conviver pelo resto de sua vida.

IDIOMA ORIGINAL

At the graveside, a white canopy protected family and friends from the very hot midday sun. In front, some temporary chairs had been arranged. Once again, Assumpcao had gone ahead and was directing everything. At the front was the family: Milton and Neyde Da Silva, Leonardo Da Silva, Viviane Lalli and her husband Flavio and their daugther Bianca. In the second row were Adriane Galisteu and Xuxa Meneghel, Senna’s former girlfriend. Xuxa Meneghel was a television presenter and a popular celebrity in Brazil.

Xuxa had already taken her seat, and when Adriane took her designated place next to her, Xuxa immediately got up and moved to another seat. It was an extraordinary slight to Adriane, but it had been insensitive to put the two women together. It seemed as though Xuxa had been designated by the Da Silva family as Senna’s unofficial widow, even though she had not seen or communicated with Senna for over two years. She had travelled to the funeral with them and left with them. In their grief, the family were trying to rewrite history and paint Adriane out of their son’s life.

It reflected the coolness they all felt towards Adriane, which was only thawed a little by Neyde Da Silva, who clearly disagreed with the family’s stance but was forced to accept it.

If Ayrton Senna was looking down on events that day, he would have been mightily upset – just as he was with his family’s attitude towards Adriane in the weeks before his death. But no one, least of all Adriane, wanted to cause any fuss. She accepted what was going on and in some ways even understood it. It was a remarkably mature display and endeared her forever to ordinary Brazilians. She focused all her emotions on her dead boyfriend, knowing this was the last time she would be close to him.


Then the family stood up in front of the small canopied area and all the mourners filed by to pay their last respects. The mourners were in no hurry to leave, but gradually one by one withdrew to the helicopters and coaches. Pointedly, Xuxa Meneghel left in an official family limousine. Adriane Galisteu appeared to attempt to join another of the family limousines but was turned away. Later she denied that she had and said she was simply saying goodbye to the family. Whatever happened, Adriane was not welcome at the family reception afterwards, and she left in the bus in which she had arrived to join the Bragas at their farm. Many people thought that the brutal display by the Da Silva family that day did them no credit. But it was the culmination of what had been a short and bitter fight over Ayrton Senna. The family had lost out to Adriane on that battle and now maybe they were taking their revenge. In some strange way, they seemed to blame her for his death. She was simply not good enough for them. Nothing she could do could change that and, in the end, she accepted it gracefully.

The apparent rejection appeared cruel, but it reflected the majority of the family’s view of Adriane and the reason why Senna’s last conversation with his brother had been so adversarial, something Leonardo Da Silva would have to live with for the rest of his life.


FONTE PESQUISADA

RUBYTHON, Tom. Fatal Weekend. 1º Edição. Great Britain: The Myrtle Press, 12 de novembro de 2015.






Nenhum comentário:

Postar um comentário